Indústria Alimentícia é a principal tendência do mercado prateado em 2021

Em 2020 o mundo passou por uma grande e importante mudança. O novo modo das relações e de consumo aceleraram uma agenda com prioridades que já eram previstas, mas ainda estavam em fase de implantação. Quando se faz essa avaliação sob a ótica do mercado prateado, alguns segmentos se destacam pela prioridade e necessidade deste público.

Com o aumento da expectativa de vida, longevidade com qualidade tornou-se o principal anseio dos maduros. Eles passaram a se interessar por produtos e serviços para fortalecer a saúde física e mental visando manter independência e autonomia.

Por esse motivo, a busca por formulações que evitam excesso de açúcar,  sódio e conservantes, bem como itens que prejudicam a saúde no longo prazo, estão no topo da lista dos prateados. Não é à toa que empresas de todos os setores do mundo estão colocando a saúde pública entre as prioridades de seus lançamentos. 

“O resultado é que a Indústria Alimentícia ocupa a primeira posição nas tendências do próximo ano. E é um mercado em potencial, pois 76% das pessoas entre 55 e 74 anos afirmam que seus maiores gastos são com a alimentação”, afirma Bete Marin, especialista em Marketing inclusivo e economia prateada e sócia da MV Marketing. 

Sendo assim, a indústria começa a enxergar a geração prateada e suas necessidades em alimentos e bebidas. Dentre os desafios está a criação de formulações nutritivas, saborosas e saudáveis,  fáceis de consumir para atender a grande variedade de consumidores 55+. A complementação do portfólio é feita com o desenvolvimento de mais produtos enriquecidos com ingredientes funcionais, bem como proteína, cálcio, vitaminas A, C e D, os quais já vêm sendo explorados em lançamentos mundiais. 

Segundo a Mintel, 55% dos poloneses e 49% dos italianos com mais de 55 anos consomem alimentos e bebidas funcionais para manter um coração saudável. Porém, quando se fala em produtos para atender o público maduro, a Ásia se destaca, principalmente no Japão, país que lidera o mundo em novos lançamentos alimentícios voltados para os prateados. 

“Há muitas oportunidades nas mais diferentes categorias alimentícias – desde bebidas lácteas, cereais e snacks até às comidas prontas – focadas nos nutrientes, na textura, na conveniência e na praticidade”, comenta Bete. “Para mostrar toda essa inovação feita para o público sênior, as marcas precisam investir em uma comunicação focada nele, começando pelas embalagens, com informações completas e claras.” 

Essa tendência evidencia que, à medida que as necessidades dos consumidores mudam e as operações no varejo evoluem, este segmento está sendo fundamentalmente alterado, trazendo o conceito de varejo do futuro. 

No Brasil, a Agrobonfim, distribuidora de hortifruti há 50 anos no mercado paulistano e cliente MV Marketing, percebeu a demanda e incluiu em seu portfólio produtos orgânicos, orientais e da Amazônia. “Conseguimos mostrar os anseios do mercado prateado e criar uma estratégia de negócios para a Agrobonfim estar em contato constante e oferecer os alimentos mais consumidos e indicados nas dietas”, acrescenta Bete Marin. 

 

A MV Marketing, agência de marketing digital inclusivo, especializada no mercado prateado, spin-off do Hype50+, destaca beleza e bem-estar como os outros dois segmentos que compõem o top 3 das tendências para o público maduro em 2021, e tem projetos específicos para todos eles, apoiando a comunicação das marcas com os 50+. 

Sobre

Nosso time é formado por profissionais pioneiros, referência e formadores de opinião, especializados em marketing no mercado prateado.

Serviços

MV Marketing – dados, insights e o compromisso com a inclusão etária.

contato@mvmarketing.com.br

MV Marketing – dados, insights e o compromisso com a inclusão etária.

contato@mvmarketing.com.br